SANTA CLARA VENCE UM FC PORTO B EM RITMO DE PASSEIO




Ledman LigaPro – 24ª Jornada
Santa Clara vs FC Porto B
Estádio de São Miguel – Ponta Delgada, Açores
Domingo, 11 de Fevereiro de 2018


Foi perante uma moldura humana bastante assinalável que o Santa Clara se impôs, sem dificuldade, frente ao FC Porto B, vencendo por duas bolas a zero com golos de João Reis e Rafael Batatinha.

Esperava-se um jogo competitivo, divido, com um FC Porto a querer mostrar o porquê de ser líder e o Santa Clara à procura de dar continuidade a uma excelente vitória conseguida em Coimbra. Uma vitória dos açorianos colocava novamente as contas dos primeiros lugares completamente baralhadas. Entrada forte da equipa do Santa Clara, guiada por um Fernando Andrade numa excelente tarde.

Nos primeiros dez minutos de jogo apenas surgiram lances de perigo para a equipa da casa, minutos esses que viriam a ser um espelho quase perfeito daquilo que seria toda a primeira parte. Sempre com Fernando Andrade em cena, o Santa Clara foi criando perigo, sendo apenas incomodado aos cinco minutos de jogo por uma joga fortuita de confusão entre os defesas da equipa da casa que por pouco não fizeram autogolo. A partir daqui e até ao final do primeiro tempo, o Santa Clara dominou todo o jogo.

Fruto de um domínio claro e de uma tarde desinspirada de toda a equipa azul e branca, o Santa Clara acaba por construir o resultado da partida na primeira parte, com golos de João Reis aos 27 minutos e, já muito próximo do intervalo, Rafael Batatinha, numa jogada em que os azuis e brancos protestam fora de jogo, acaba por fazer o segundo golo dos açorianos. No FC Porto, destaque apenas para o remate de Luizão apenas aos 40 minutos de jogo, uma amostra clara de uma primeira parte completamente perdida das peças que António Folha escolheu para este jogo.

Para a segunda parte esperava-se um Porto mais forte, mais dominador mas acabou por não se verificar grandes mudanças no jogo. Numa tarde fria e ventosa, ponto com grande influência no jogo, o Santa Clara acaba por fazer uma gestão preciosa no segundo tempo, nunca se remetendo à sua defesa.

Destaque para Pineda, avançado de El Salvador, que aos catorze minutos aproveitou a passividade da equipa do FC Porto e percorreu diversos metros, descaindo para a esquerda e efectuando um grande remate que embateu no poste esquerdo da baliza defendida por Diogo Costa. Este acabaria por ser o lance de maior destaque da equipa da casa, e praticamente de toda a segunda parte, sendo apenas de referir, já nos minutos de desconto, um remate muito perigoso de Tony Djim que havia sido a última escolha de António Folha para tentar dar algo mais à sua equipa.

Referir ainda a presença de adeptos do FC Porto no Estádio de São Miguel, que perante uma exibição fraquíssima da sua equipa acabaram por ir festejando os golos da equipa principal que, há mesma hora, ia goleando o Chaves, em jogo a contar para a Primeira Liga Portuguesa.

Jogo bem conseguido do Santa Clara, relançando assim a sua a sua candidatura à subida de divisão, ficando as contas de subida cada vez mais baralhadas. Teremos certamente campeonato até ao fim!

Melhor em Campo Santa Clara: Fernando Andrade
Melhor em Campo FC Porto B: Bruno Costa
Todo o conteúdo deste blogue é protegido por Direitos de Autor e Direitos Conexos, e Direitos da Propriedade Industrial, ao abrigo das leis Portuguesas e da União Europeia, convenções internacionais e outras leis, não podendo ser utilizado fora das condições admitidas neste blogue e sem consentimento da Rádio Voz Desportiva.

0 comentários: